Coreia do Norte impõe lockdown de 5 dias devido a aumento de doença respiratória, diz Embaixada da Rússia no país

A Embaixada da Rússia na Coreia do Norte afirmou que autoridades locais impuseram um lockdown de cinco dias em Pyongyang, sob a alegação de aumento de casos de doença respiratória na capital norte-coreana.

Na quarta-feira, a embaixada postou em sua página no Facebook o que chamou de um aviso emitido pelo Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte. Devido a um aumento no número de pessoas com influenza e de pacientes de uma doença respiratória, as autoridades norte-coreanas declararam, com início na quarta-feira, um período de cinco dias para a adoção de precauções especiais contra doenças.

Em maio do ano passado, a Coreia do Norte anunciou ter confirmado o primeiro caso de coronavírus no país. Contudo, três meses depois, o líder Kim Jong Un declarou que a Coreia do Norte havia contido o vírus com sucesso e vencido a luta contra a pandemia.

A imprensa estatal do país conclama, agora, a população a permanecer alerta e adotar medidas de prevenção.