China comunica quase 7 milhões de casos diários da Covid-19 no final de dezembro

Autoridades sanitária da China afirmam que, no final do mês passado, foram registrados 6,94 milhões de novos casos de infecção pelo coronavírus.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China informou quarta-feira que o número de novos casos atingiu seu pico em 22 de dezembro e foi de 15 mil na segunda-feira desta semana. No entanto, os dados não incluem o total de infecções e a discriminação dos números por províncias.

Depois que em 7 de dezembro a China abrandou significativamente medidas de combate ao vírus que estavam em vigor, o número de novos casos disparou no país. Na semana passada, um especialista do Centro de Controle e Prevenção de Doenças estimou que 80% da população chinesa já teria sofrido contágio. Para ele, é possível que tenham sido infectadas mais de 1,1 bilhão de pessoas da população total do país, de 1,4 bilhão de habitantes.

O órgão acrescentou que o número de mortes relacionadas com o coronavírus em hospitais atingiu o pico em 4 de janeiro, dia em que foi comunicado o registro de 4.273 óbitos, e que, na segunda-feira desta semana, o total foi de 896.

Segundo o anúncio do centro, entre 8 de dezembro e 19 de janeiro 72.596 pessoas morreram com o vírus. Contudo, especialistas especulam que o número pode ser bem maior já que o total não inclui a morte de pessoas no próprio lar.