Passageiros ficaram presos em trens no oeste do Japão durante nevasca

Fortes neves interromperam o serviço de trens no oeste do Japão, deixando passageiros presos dentro dos vagões por horas ao longo da madrugada de quarta-feira.

A Companhia Ferroviária JR Oeste informou que, às 2 horas da manhã de quarta-feira, 15 trens ao longo da Kyoto Line e da Biwako Line estavam retidos entre estações.

Funcionários da companhia informaram terem pedido aos passageiros que caminhassem ao longo dos trilhos para uma das estações mais próximas. Adicionaram que alguns passageiros em pelo menos 3 dos trens teriam reclamado de mal estar.

Autoridades da cidade de Kyoto afirmam terem recebido um pedido para oferecer acomodações a cerca de 1.300 pessoas que não tinham como deixar a estação de Yamashina.

A cidade disponibilizou uma instalação de uso comunitário próxima à estação e uma passagem subterrânea que conecta uma estação de metrô.

Um passageiro disse ter entrado em um trem na estação de Kyoto na noite de terça-feira e ter ficado preso por cerca de sete horas, até por volta das 2h30 da manhã.

Ele disse que as primeiras duas ou três horas foram suportáveis, mas que o vagão com banheiro foi ficando lotado, resultando em um ambiente abafado que fez com que várias pessoas passassem mal. Adicionou que alguns dos passageiros foram carregados para fora em macas.

Ele disse ter saído do trem por volta das 2h30 e passou cerca de 1 hora caminhando ao longo dos trilhos até a estação. Ele passou o resto da noite junto com outros passageiros em uma passagem subterrânea disponibilizada pela cidade.