Corretora de criptomoedas Coinbase cessará atividades no Japão

A corretora americana de criptomoedas Coinbase anuncia que cessará transações com clientes no Japão e reembolsará as quantias mantidas em depósito.

A unidade japonesa da Coinbase informa que os depósitos recebidos de clientes estão protegidos por lei e que até 16 de fevereiro os interessados podem fazer retiradas em moeda circulante ou virtual em posse da corretora. Além disso, explica que, após o dia 16, os clientes poderão ser reembolsados pela Secretaria de Assuntos Jurídicos do Japão, órgão ao qual confiará os depósitos restantes.

A filial japonesa diz que o grupo tomou a “difícil decisão” de cessar as atividades no Japão e de realizar uma completa revisão de seus negócios no país. Acrescenta que está empenhada em tornar a transição “tanto quanto possível sem problemas”.

Na terça-feira da semana passada, a Coinbase comunicou a intenção de demitir em torno de 950 funcionários — cerca de 20% do seu pessoal — diante das condições crescentemente desfavoráveis que enfrenta.