Japão registra maior déficit comercial anual em 2022

O Japão registrou seu maior déficit comercial anual. O iene fraco e os preços da energia cada vez mais altos foram os principais responsáveis por isso.

Dados preliminares divulgados pelo Ministério das Finanças, nesta quinta-feira, mostram um déficit comercial de quase 20 trilhões de ienes em 2022. Isso é equivalente a cerca de 155 bilhões de dólares.

Trata-se do maior déficit desde que dados comparáveis se tornaram disponíveis em 1979.

As importações aumentaram 39,2%. Custos com petróleo bruto, carvão e gás natural liquefeito subiram significativamente. O iene fraco também contribuiu para a alta. Isso superou um aumento de 18,2% nas exportações.