Japão seleciona candidatos para patrimônio agrícola mundial da ONU

O Japão selecionou seu último candidato para a lista de Sistemas Importantes do Patrimônio Agrícola Mundial (SIPAM) da ONU.

A Organização das Nações Unidas Para a Alimentação e a Agricultura concede o reconhecimento a áreas rurais inseridas em práticas tradicionais com o uso de tecnologias inovadoras de produção agrícola que protejam ecossistemas e paisagens naturais. O programa já designou como patrimônio agrícola mundial 72 áreas em 23 países, incluindo 13 locais no Japão.

O Ministério da Agricultura, Silvicultura e Pesca do Japão informou ter trabalhado com especialistas para selecionar as áreas de produção de frutas cítricas de Arida e Shimotsu na província de Wakayama como o mais novo candidato à lista. Desde o século XVII, a região floresceu com a produção de um tipo de tangerina conhecido como Unshu Mikan. Produtores empilham rochas nas encostas das montanhas para criar pomares organizados em degraus.

O ministério planeja submeter sua candidatura oficial este ano.