Japão deve continuar a cobrar pedágios em vias expressas até o ano de 2115

Fontes afirmam que o Ministério dos Transportes, Infraestrutura e Turismo do Japão pretende continuar a cobrar pedágios em vias expressas por um período adicional de nada menos que 50 anos, ou até o ano de 2115.

Os pedágios foram posicionados para obter retorno dos custos de construção das vias. Em tese, deveriam ser encerrados até 2050. As vias expressas então se tornariam gratuitas. No entanto, o governo decidiu postergar a data do encerramento em 15 anos.

Um painel de especialistas agora pede por mais uma extensão. Cita a falta de recursos para consertar ou substituir infraestruturas em envelhecimento.

Funcionários do ministério pretendem submeter uma legislação relacionada ao assunto quando forem reabertas as sessões regulares do Parlamento, mais tarde ainda este mês.