Vice-presidente de Taiwan é eleito para presidir o partido governista

O vice-presidente de Taiwan foi eleito para o cargo de presidente do governista Partido Democrático Progressista. Lai Ching-te é visto amplamente como possível candidato para a eleição presidencial de Taiwan que está programada para 2024.

Ele concorreu à presidência do partido sem que houvesse adversários no domingo. A votação foi decidida depois que a presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, renunciou ao cargo para assumir responsabilidade pelo grande revés que a legenda sofreu nas eleições regionais de novembro.

Tendo já sido primeiro-ministro, Lai Ching-te assumiu o cargo de vice-presidente de Taiwan em maio de 2020, quando Tsai iniciou o seu segundo mandato como presidente.

Em nota após a votação de domingo, ele prometeu que o partido fará todo o possível em benefício de Taiwan. Além disso, comprometeu-se a proteger os interesses taiwaneses e a fazer avançar a sua democracia, paz e prosperidade no que chama de circunstâncias internacionais complexas e em rápida mudança.

Lai enfrenta o desafio premente de restaurar o apoio dos eleitores ao seu partido em um momento em que pesquisas de opinião mostram a legenda atrás do oposicionista Partido Nacionalista — Kuomintang.