Governo japonês aprova pagamentos por mortes de cinco pessoas após vacinação contra Covid-19

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão aprovou pagamentos em um montante fixo pelas mortes de cinco pessoas após elas terem recebido vacinas contra o coronavírus.

O ministério tomou a decisão na quinta-feira com base na lei de imunização do país. Tais pagamentos já foram aprovados para casos de morte de 15 pessoas na faixa dos 20 aos 90 anos de idade.

A decisão foi feita após a morte de cinco pessoas com idade entre 36 e 96 anos, devido a insuficiência cardíaca aguda, choque hemorrágico e outras causas, após serem inoculadas.

Segundo informes, quatro delas possuíam problemas de saúde preexistentes, tais como pressão alta. O ministério diz não poder negar um vínculo causal entre as mortes e as vacinas, levando em conta o conteúdo de suas certidões de óbito e registros clínicos.

Os tipos de vacinas utilizadas e o número de vacinações recebidas não foram divulgados.