Aeroporto de Narita recebeu ameaça de bomba 5 dias antes de outra que forçou pouso de avião em outro local

Fontes ligadas às investigações disseram que o Aeroporto de Narita, localizado nas proximidades de Tóquio, recebeu uma ameaça de bomba cinco dias antes de uma outra que forçou um avião de passageiros operado pela companhia aérea de baixo custo Jetstar Japan a realizar um pouso de emergência.

A aeronave pousou no Aeroporto de Chubu, região central do Japão, no último sábado, após uma ligação telefônica alegando que uma bomba havia sido instalada em seu interior. O voo partiu de Narita com destino ao Aeroporto de Fukuoka, no sudoeste do país. Nenhum explosivo foi encontrado no avião. A polícia investiga o caso sob a suspeita de obstrução de condução de negócio.

Autoridades policiais informaram que um telefonema semelhante foi feito ao aeroporto em 2 de janeiro, ameaçando explodir um avião de passageiros de Taiwan que partiu de Taipé com destino a Narita, além da exigência de pagamento em dinheiro. A aeronave foi vistoriada ao chegar no Japão. Nenhum explosivo foi encontrado.

De acordo com a polícia, ambas as ligações foram feitas em inglês e acredita-se que tenham a Alemanha como local de origem. As autoridades investigam possíveis vínculos entre os dois incidentes.