Porta-voz do Japão considera unilateral e lamentável suspensão de vistos pela China

O secretário-chefe do Gabinete do Japão, Matsuno Hirokazu, informou que o governo japonês apresentou protesto contra a suspensão temporária pela China de vistos para que japoneses viajem ao país e pediu a Pequim a revogação da medida.

A embaixada chinesa em Tóquio anunciou terça-feira a suspensão, depois que o Japão endureceu restrições a viajantes provenientes da China, onde vem ocorrendo um aumento acentuado no número de casos da Covid-19.

Matsuno declarou quarta-feira a jornalistas que o Japão tomou medidas contra infecções pelo coronavírus dando máxima consideração à necessidade de não prejudicar a circulação internacional de pessoas. Disse ser extremamente lamentável que a China limite de forma unilateral a emissão de vistos por motivos não relacionados a medidas antivírus.

O secretário-chefe do Gabinete informou que o governo japonês apresentou o protesto por meio de canais diplomáticos. Matsuno explicou que o Japão agirá de modo apropriado com base no quadro de infecções na China e na maneira como Pequim divulga informações.