Operadora da rede de lojas de roupas Uniqlo vai aumentar salários no Japão

A operadora da Uniqlo, Fast Retailing, decidiu aumentar os salários em 40% a partir de março, em meio ao aumento do custo de vida.

A operadora da rede de lojas de roupas diz que a mudança vai atingir 8.400 funcionários no Japão. O objetivo é equiparar os salários no Japão com os do exterior para atrair bons funcionários.

O salário mensal inicial para recém-contratados terá aumento de 18%, para 300 mil ienes, ou cerca de 2.260 dólares. O salário mensal para um novo gerente de loja terá aumento de 36%, para 390 mil ienes, ou cerca de 2.940 dólares.

Ajudas de custo com base no cargo na empresa e localização do local de trabalho serão abolidas no plano de aumento salarial.

Os salários no Japão são, em média, inferiores aos de outras economias desenvolvidas. Funcionários e governo têm insistido fortemente que as empresas aumentem os salários.