Cerca de 600 pessoas são soltas após terem sido detidas por invasão em Brasília

Cerca de 600 pessoas foram liberadas após terem sido detidas por envolvimento na invasão à prédios do governo no domingo na capital do Brasil.

Em sua maioria, as pessoas liberadas na terça-feira eram mulheres, crianças e idosos. Cerca de 1.500 pessoas haviam sido detidas no total.

Os apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro invadiram o Congresso, o Palácio da Alvorada e o Supremo Tribunal Federal no domingo na capital Brasília.

Na terça-feira, ônibus levando apoiadores de Bolsonaro que haviam sido detidos deixaram uma unidade da Polícia Federal. Fontes ligadas à unidade afirmaram que a polícia irá questionar tais pessoas em outro local.

Protestos organizados por apoiadores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva vêm sendo realizados em todo o país. Manifestantes entoaram gritos de "sem anistia!"

O governo planeja conduzir investigações minuciosas sobre o incidente para entender como ele ocorreu.