Japão e EUA concordam em desenvolver reatores nucleares de próxima geração

Os governos do Japão e dos Estados Unidos concordaram em começar a trabalhar no desenvolvimento de reatores nucleares de próxima geração como parte dos esforços conjuntos para fortalecer a segurança energética e promover a descarbonização.

O ministro da Economia, Comércio e Indústria do Japão, Nishimura Yasutoshi, encontrou-se com a secretária de Energia dos EUA, Jennifer Granholm, em Washington, na segunda-feira. Nishimura disse que "os dois países vão explorar oportunidades para a cooperação no desenvolvimento e construção de reatores de próxima geração, aproveitando ao máximo os reatores existentes e construindo fortes cadeias de fornecimento".

Em uma declaração conjunta, as duas partes disseram que seus esforços incluirão a construção de reatores de água leve avançados.

Eles também concordaram em tentar maximizar o uso dos reatores existentes e estabelecer cadeias de fornecimento robustas de combustível de urânio e componentes nucleares.

O Japão aprovou uma nova política relacionada à energia nuclear no mês de dezembro passado, que inclui o desenvolvimento de reatores de próxima geração para substituir aqueles que foram desativados.