Corrida dos “homens sortudos” volta a ser realizada em santuário japonês depois de dois anos

Depois de uma pausa de dois anos, um santuário xintoísta na província de Hyogo, no oeste do Japão, voltou a realizar uma popular corrida de Ano Novo para escolher os “homens sortudos” do ano.

Ao som de tambores, milhares de pessoas correram pelo complexo do Santuário de Nishinomiya na manhã de terça-feira. Os três primeiros corredores a chegarem no edifício principal depois de percorrerem 230 metros ganharam os títulos de "homens sortudos”.

O evento é realizado anualmente há séculos no dia 10 de janeiro, como parte de um festival do Ano Novo para pedir prosperidade nos negócios. Contudo, a tradição havia sido suspensa por dois anos devido à pandemia de coronavírus. Este ano o santuário reduziu o número de participantes, e os lugares nas primeiras fileiras foram sorteados em uma loteria.

O universitário de 22 anos que venceu a corrida disse que espera começar o ano compartilhando sua sorte com outras pessoas.