Chanceler do Japão diz que seu país apoia governo do presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Hayashi Yoshimasa, manifestou apoio ao governo do presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, após a invasão ao Congresso e outros prédios por parte de apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Hayashi estava na segunda-feira em Brasília para conversar com seu homólogo Mauro Vieira. Hayashi disse que a democracia não deve ser ameaçada pela força, referindo-se aos apoiadores de Bolsonaro que invadiram o Congresso, o palácio presidencial e o Supremo Tribunal Federal.

Hayashi disse que Tóquio apoia o presidente democraticamente eleito e o seu governo.

Os chanceleres concordaram que o Japão e o Brasil, ambos membros não permanentes do Conselho de Segurança da ONU neste ano, irão realizar cooperações para a reforma do conselho. Eles também confirmaram seu compromisso de manter e fortalecer uma ordem internacional com base no Estado de direito.

Outras áreas de cooperação discutidas na reunião incluíram questões do meio ambiente, assim como de cadeias de abastecimento mais resilientes de alimentos, energia e recursos minerais.