Governo americano informa que combates continuam na Ucrânia apesar de “trégua”

Uma autoridade do alto escalão do governo americano informou que prosseguem os combates na Ucrânia, apesar de um cessar-fogo temporário ordenado pelo presidente russo, Vladimir Putin.

A vice-secretária assistente da Defesa, Laura Cooper, falou com repórteres na sexta-feira sobre o cessar-fogo de 36 horas, o qual Putin convocou para que fosse observado em razão do Natal da igreja ortodoxa russa em 7 de janeiro. “Nós vemos combates na Ucrânia hoje, mesmo que tecnicamente esteja ocorrendo um intervalo de cessar-fogo”, disse Cooper. Ela disse que a declaração de Putin precisa ser levada “com cautela”.

O vice-líder do gabinete presidencial ucraniano, Kyrylo Tymoshenko, disse em uma publicação via rede social que bombardeios russos atingiram prédios residenciais e hospitais em Donetsk, região leste do país, pouco antes da ordem de trégua ter entrado em vigor. Ele disse que muitas pessoas ficaram feridas. Alarmes de ataque aéreo também soaram por toda a Ucrânia depois do início do suposto cessar-fogo.

Enquanto isto, o Ministério da Defesa da Rússia informou que suas tropas em Donetsk e outras áreas foram atacadas pela Ucrânia, apesar da trégua estar em vigor.