Premiê japonês oferece apoio à população da Ucrânia

O primeiro-ministro japonês, Kishida Fumio, declarou ter dito ao presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, que o Japão fará o possível para ajudar a proteger a vida da população na Ucrânia durante o inverno.

Kishida fez esta declaração a repórteres após conversar com Zelenskyy por telefone na noite de sexta-feira, horário do Japão. O premiê japonês disse ter informado a ele que o Japão irá desempenhar um papel ativo na comunidade internacional, como presidente do Grupo dos Sete este ano. Criticando contínuos ataques por parte da Rússia, Kishida prometeu fazer todo o possível para dar apoio à Ucrânia.

O premiê afirmou que Zelenskyy manifestou profunda gratidão ao Japão, e que os dois líderes concordaram em fortalecer a cooperação bilateral.

Kishida disse que o presidente ucraniano o convidou para visitar a capital Kiev. O premiê japonês acrescentou que nada foi decidido por enquanto, mas que irá considerar se aceita ou não o convite.