Premiê do Japão vai viajar a países do G7 na próxima semana

O primeiro-ministro do Japão, Kishida Fumio, viajará na próxima semana para França, Itália, Reino Unido, Canadá e Estados Unidos. Ele vai buscar a cooperação desses países para o sucesso da reunião de cúpula do Grupo dos Sete, que será realizada em maio na cidade de Hiroshima. O Japão preside o G7 este ano.

Em entrevista coletiva, na quarta-feira, Kishida informou que partirá na próxima segunda-feira no giro pelos cinco países do Grupo dos Sete para dialogar com seus líderes.

A expectativa é de que Kishida diga a eles que o Japão vai desempenhar um papel de liderança para lidar com vários desafios globais, como a invasão da Ucrânia pela Rússia, a crise alimentar, o desarmamento nuclear e as mudanças climáticas. Além disso, o premiê deverá conclamar os líderes dos países visitados a aumentar a colaboração mútua nessas questões.

No dia 13, Kishida Fumio tem uma reunião marcada com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em Washington. O primeiro-ministro afirmou que o encontro será de grande importância e não se limitará à coordenação para a reunião de cúpula do G7.

Kishida deu a entender que usará a conversa com Biden para demonstrar os modos pelos quais Tóquio e Washington podem solidificar sua aliança. O premiê deve explicar o plano do governo japonês para aumentar gastos com defesa.