Chanceler russo planeja visitar o Japão dentro de alguns meses

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, disse que planeja visitar o Japão dentro de dois ou três meses.

Falando a repórteres na sexta-feira, Lavrov afirmou que a Rússia está determinada a tornar o diálogo com o governo japonês mais substancial, concreto e aberto. Ele manifestou a esperança de promover relações bilaterais, incluindo economicamente.

O Japão e a Rússia não assinaram ainda um tratado de paz após o fim da Segunda Guerra Mundial. A questão de quatro ilhas controladas pela Rússia e reivindicadas pelo Japão vem sendo um grande impasse. O governo japonês afirma que as ilhas foram ocupadas ilegalmente depois da Segunda Guerra Mundial.

Lavrov disse que um tratado deve refletir totalmente as atuais relações bilaterais, e abrir novas perspectivas para desenvolvimento. Ele enfatizou também que a questão territorial não deve ser incluída nas negociações.

A pandemia de coronavírus vem dificultando a visita do líder do Japão à Rússia, e vice-versa. A atenção está voltada à possibilidade da visita de Lavrov iniciar diálogo político concreto entre os dois países.