Ginasta japonês diz se orgulhar de ter representado o Japão

O extraordinário ginasta japonês Uchimura Kohei disse estar orgulhoso de ter representado o Japão por mais da metade de sua vida. Na terça-feira, o campeão olímpico havia anunciado que vai se afastar das competições.

Numa entrevista coletiva concedida na sexta-feira, Uchimura, de 33 anos, disse não estar sentindo nada em particular, nem mesmo um senso de realidade, sobre o fim de sua carreira.

O ex-atleta disse que começou a praticar ginástica quando tinha três anos de idade, e que sua carreira durou 30 anos, 16 dos quais como membro da seleção nacional do Japão.

Ele disse que agora poderá falar sobre vários assuntos com confiança. Referindo-se ao momento de sua decisão, ele disse que foi bastante difícil tomá-la enquanto treinava depois dos Jogos Olímpicos de Tóquio e se preparava para o Campeonato Mundial em outubro.

Uchimura disse que sentia que este campeonato seria seu último. Durante seu desempenho, ele disse que estava apenas pensando em se qualificar para as finais. Ele terminou a competição em sexto lugar.

Relembrando sua última rotina, ele disse estar feliz por ter conseguido mostrar seu desempenho típico aos atletas jovens, incluindo um final bem feito.