NHK Responde: Como saber se alguém está infectado pelo coronavírus (3)

A NHK responde a perguntas de ouvintes sobre o novo coronavírus. Neste auge da temporada da gripe comum, tem havido no Japão um acelerado aumento no número de infecções pela variante ômicron. Como deve agir alguém que apresente sintomas semelhantes aos da gripe para verificar se contraiu a Covid-19? Nesta edição tratamos de medidas a tomar diante de sintomas leves ou da ausência de sintomas.

O governo do Japão instruiu prefeituras e governos provinciais em regiões com “necessidade particular de medidas anti-infecção” que ofereçam gratuitamente exames do coronavírus mesmo a indivíduos sem sintomas. Prefeituras e governos provinciais já oferecem exames grátis para pessoas incapazes de receber vacinação, desde que não tenham sintomas de infecção pelo vírus.

O que fazer quando o indivíduo apresenta sintomas leves? A comissão de especialistas que assessora o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão pede o comparecimento com urgência a instituições médico-hospitalares de pessoas com ligeira febre, fadiga ou outras formas de mal-estar.

De acordo com Otsuka Yoshihito, do Centro Médico de Kameda, integrante da comissão de especialistas responsável pela elaboração de diretriz sobre exames do coronavírus, devem ser examinados indivíduos que tenham sintomas semelhantes aos da gripe, como dor de garganta, coriza, febre, dor de cabeça ou letargia.

Estas informações, de 13 de janeiro, estão no site em português da NHK WORLD-JAPAN e na sua página oficial do Facebook.