Cerimônia de abertura dos Jogos de Inverno de Pequim será reduzida por conta da pandemia

O diretor chinês de cinema, Zhang Yimou, anunciou que a cerimônia de abertura da Olimpíada de Inverno de Pequim será bem menor que a dos Jogos de Verão de 2008 realizados na capital, por causa da pandemia de coronavírus.

Zhang foi nomeado diretor-chefe das cerimônias de abertura e de encerramento dos Jogos, repetindo o papel que desempenhou na Olimpíada de 2008.

O renomado diretor disse à mídia estatal que está honrado e animado com o evento.

Ele afirmou que a cerimônia de abertura em 4 de fevereiro no Estádio Nacional, conhecido como Ninho de Pássaro, terá a participação de aproximadamente 3 mil figurantes e durará menos de 100 minutos.

O número de figurantes é um quinto daquele registrado na cerimônia de 2008, e a duração do espetáculo será reduzida em mais de 50%.

Zhang citou medidas contra o contágio e tempo frio como motivos de redução da escala do evento.

A menos de um mês da realização da Olimpíada, foram confirmados casos de transmissão comunitária da variante ômicron do coronavírus na cidade de Tianjin, próxima a Pequim, e na província de Henan, no interior do país.