Conselho de Segurança da ONU planeja discutir lançamento de míssil pela Coreia do Norte

O Conselho de Segurança das Nações Unidas está planejando realizar, na próxima semana, uma reunião de emergência para discutir o último lançamento de míssil pela Coreia do Norte.

Fontes diplomáticas da ONU afirmaram, na quinta-feira, que cinco países, incluindo os Estados Unidos, Reino Unido e França, solicitaram a realização da reunião emergencial do Conselho de Segurança. As fontes citaram que arranjos estão sendo feitos para convocar o encontro na segunda-feira.

O jornal do governista Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte, Rodong Sinmun, divulgou na quinta-feira que o país tinha testado um míssil hipersônico no dia anterior.

O Japão e os Estados Unidos disseram que o lançamento, que utilizou tecnologia de mísseis balísticos, constitui uma violação de resoluções do órgão da ONU.

O Conselho de Segurança realizou reuniões de emergência quando a Coreia do Norte lançou mísseis em setembro e em outubro do ano passado. Nações ocidentais pediram uma declaração condenando os lançamentos, mas a China e a Rússia manifestaram objeção.

Pequim e Moscou estão pedindo a suspensão de sanções contra Pyongyang. Observadores afirmam que há possibilidade de o Conselho de Segurança não ser capaz de apresentar, novamente, uma frente unida contra a Coreia do Norte.