União Europeia proíbe substâncias químicas presentes em tintas de tatuagem

A União Europeia proibiu substâncias químicas usadas em tinta de tatuagem, citando riscos para a saúde humana.

A proibição entrou em vigor na terça-feira, cerca de um ano depois de a Comissão Europeia ter decidido banir o uso de milhares de substâncias que podem causar complicações de saúde, incluindo câncer e irritação cutânea.

A medida tem como objetivo integrar em uma regra comum da União Europeia as várias restrições sob tais substâncias químicas de seus Estados-membros.

A UE estima que até 12% da população do bloco tenha tatuagens.

As reações de tatuadores de nações europeias estão divididas. Alguns dizem que não há escolha a não ser aceitar a proibição, enquanto outros dizem estar preocupados com o impacto potencial sobre suas atividades.