Atas de reunião do Fed mostram determinação de aumentar taxas de juros

As atas de reunião realizada no mês passado por conselheiros do banco central dos Estados Unidos mostram a determinação de alguns deles de acelerar o ritmo de elevações de taxas de juros para controlar a inflação.

O Federal Reserve divulgou os registros na quarta-feira. Alguns participantes do encontro também queriam reduzir os ativos do Fed depois que as taxas começassem a aumentar. As aquisições de títulos e outros papéis aumentaram exponencialmente na pandemia, como parte das medidas de afrouxamento monetário.

Na reunião, os conselheiros decidiram acelerar a redução gradual dos desembolsos, que têm proporcionado estímulo à economia afetada pela crise. Os conselheiros estavam decididos a reduzir as aquisições diante da inflação que se encontra em nível sem precedentes. Também sugeriram a realização de três elevações de taxas de juros em 2022.

Após a divulgação das atas do encontro do Federal Reserve, na quarta-feira, os mercados de ações tiveram acentuadas baixas. O Índice Dow Jones fechou o pregão com queda de 392,5 pontos em relação ao fechamento do dia anterior.