Japão acredita que a Coreia do Norte tenha lançado um novo tipo de míssil balístico

O governo do Japão diz acreditar que o projétil lançado quarta-feira pela Coreia do Norte tenha sido um novo tipo de míssil balístico jamais disparado antes pelo país.

Nesta quinta-feira, o ministro da Defesa, Kishi Nobuo, declarou a jornalistas que, com base em análise feita até agora pelo governo, a Coreia do Norte lançou um míssil balístico que voou à altitude máxima de 50 quilômetros, “inferior à de mísseis balísticos convencionais”.

O jornal Rodong Sinmun, porta-voz do Partido dos Trabalhadores, que governa a Coreia do Norte, declarou que a Academia de Ciência de Defesa fez o lançamento experimental de um míssil hipersônico na quarta-feira.

É a segunda vez que a Coreia do Norte diz ter lançado um míssil hipersônico — a primeira foi em setembro.

Segundo o ministro da Defesa, o governo japonês acredita agora que o míssil lançado quarta-feira tenha sido de um tipo diferente do testado no ano passado.

Kishi destacou que lançamentos de mísseis violam resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas e são extremamente lamentáveis. O ministro afirmou que o Japão mantém-se em estreita coordenação com os Estados Unidos e outros países, ao mesmo tempo em que faz o máximo esforço para coletar e analisar as informações.