Cidade na província de Fukushima prepara-se para o retorno de seus residentes

A terça-feira, dia 4 de janeiro, é o primeiro dia útil de 2022 no Japão. Funcionários do governo da cidade de Futaba, em Fukushima, estão planejando receber de volta seus residentes durante este ano.

Os residentes da cidade não voltam desde que foram forçados a sair de lá devido ao acidente na usina nuclear Fukushima 1, em março de 2011. Parte da usina fica localizada naquela cidade. Futaba foi o único município para o qual seus residentes não voltaram após a evacuação. Antes do acidente, a cidade tinha uma população de cerca de 7.000 habitantes.

Depois de vários anos de esforços de descontaminação, espera-se que os residentes tenham permissão para voltar para algumas partes da cidade a partir de junho.

Na terça-feira, funcionários da cidade realizaram uma cerimônia assinalando o primeiro dia do ano. O evento foi realizado num escritório municipal de Futaba que está operando na cidade de Iwaki, cerca de 60 quilômetros ao sul do centro da cidade de Futaba.

O prefeito de Futaba, Izawa Shiro, disse a cerca de 40 funcionários que este ano eles vão ficar bastante ocupados com o esperado retorno dos residentes. Segundo Izawa, ele estará na linha de frente dos esforços de reconstrução da cidade, e pediu aos funcionários que juntem-se a ele.

A partir do dia 20 de janeiro, residentes terão permissão para pernoitar na cidade, para dar início às preparações do seu retorno. Espera-se que a ordem de evacuação seja suspensa em junho.