China acelera preparativos para realização dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Faltando um mês para a abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, as autoridades chinesas estão ocupadas implementando medidas para frear aumentos de casos de coronavírus.

Esta será a primeira vez que os Jogos Olímpicos de Inverno serão realizados na China. O evento terá início no dia 4 de fevereiro na capital Pequim, e na cidade de Zhangjiakou, na província vizinha Hebei. Na segunda-feira, as autoridades fizeram um ensaio da cerimônia de entrega de medalhas nas proximidades do estádio nacional conhecido como "Ninho de Pássaro", onde acontecerá a cerimônia de abertura. O ensaio foi mostrado à mídia.

A China confirmou 161 novos casos de infecção por coronavírus no domingo, 90 dos quais ocorreram em Xi'an, na província de Shaanxi. A cidade, com cerca de 13 milhões de habitantes, estava efetivamente em lockdown por mais de dez dias.

Os eventos de comemoração do ano-novo foram cancelados em todo o país, uma vez que as autoridades estavam em alerta máximo em relação a possíveis surtos.

Somente espectadores locais serão autorizados a assistir aos Jogos Olímpicos, no entanto, os organizadores ainda não revelaram outros detalhes como, por exemplo, o número de espectadores permitidos. As autoridades vão colocar em prática um sistema de "bolha" para separar fisicamente o pessoal relacionado aos Jogos de outras pessoas como parte dos esforços para evitar a propagação do vírus.