Jornal Citizen News de Hong Kong anuncia fechamento

O veículo de mídia online "Citizen News" de Hong Kong informou que irá encerrar suas operações nesta terça-feira.

Funcionários do jornal anunciaram a decisão durante uma coletiva de imprensa realizada na segunda-feira. A declaração foi feita em meio a uma intensificação da repressão por parte de autoridades chinesas sobre veículos da mídia que criticam os governos de Hong Kong e da China.

O Citizen News foi criado em 2017 pelo ex-presidente da Associação de Jornalistas de Hong Kong, Chris Yeung, junto com outros correspondentes veteranos. O jornal conquistou grande apoio popular ao trazer artigos sobre uma série de protestos no território em 2019, como também por publicar comentários analisando problemas políticos e sociais na China continental.

Yeung, que trabalhou como escritor chefe no Citizen News, disse que o estopim para a decisão foi o destino de outro jornal online, o Stand News. Ex-editores sêniores do Stand News foram acusados na semana passada de conspiração para publicar materiais que instigam o ódio.

Yeung disse a repórteres: "Nós estamos preocupados de que tenhamos violado a lei sem ter conhecimento". Adicionou: "É difícil continuar assim. Não temos outra saída que não encerrar as operações".

Com o fechamento do Citizen News, quase todos os veículos de mídia pró-democracia que criticam os governos da China e de Hong Kong terão desaparecido de Hong Kong.