Potências nucleares do mundo prometem evitar guerra nuclear

Potências nucleares do mundo começaram o ano novo com o compromisso de evitar corridas armamentistas. Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido afirmaram a importância da não-proliferação e do desarmamento nuclear.

Na segunda-feira, os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas emitiram uma declaração conjunta sobre a prevenção de guerra nuclear. Eles clamaram como suas "principais responsabilidades" "evitar guerra entre Estados com Armas Nucleares e reduzir riscos estratégicos".

Afirmaram ainda que as guerras nucleares não trazem ganhos a nenhuma parte e não devem ser combatidas. Disseram que as armas nucleares devem servir apenas como formas de dissuasão da agressão e acrescentaram que continuam comprometidos com suas obrigações do Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares.

Os cinco membros do conselho terminaram sua declaração dizendo que "pretendem continuar buscando abordagens diplomáticas bilaterais e multilaterais para evitar confrontos militares".