Secretário de Defesa dos EUA é diagnosticado com Covid-19

O secretário de Defesa americano, Lloyd Austin, anunciou que testou positivo para a Covid-19.

Em declaração divulgada no domingo, Austin disse que pediu para fazer o teste após ter apresentado sintomas em casa.

Ele descreveu os sintomas que teve como leves e disse que vai observar o período de quarentena pelos próximos cinco dias, seguindo as diretrizes dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDCs).

Austin disse que vai continuar no comando da pasta e planeja participar das reuniões e discussões mais importantes virtualmente, quando possível.

Acrescentou que a última vez que se encontrou com o presidente Joe Biden foi em 21 de dezembro, mais de uma semana antes de ter começado a apresentar os sintomas.

Austin afirmou que estava totalmente vacinado e que recebeu a dose de reforço no início de outubro.

As condições de saúde do chefe da Defesa dos EUA podem afetar a agenda para as iminentes reuniões com outros países.

O Japão e os Estados Unidos têm feito preparativos para realizar um encontro online entre seus diplomatas de mais alto escalão e chefes de Defesa já em 7 de janeiro.

Os chefes da Defesa de Japão, Estados Unidos e Coreia do Sul também se preparam para um encontro no Havaí em meados de janeiro.