Casos de infecção por coronavírus aumentam no Japão

As infecções por coronavírus têm mostrado uma tendência de alta no Japão. Os casos da variante Ômicron e de contágios comunitários também estão aumentando no país.

Tóquio confirmou 84 novos casos de coronavírus no domingo, aproximadamente o dobro dos números registrados uma semana antes. Mais da metade dessas pessoas tinha recebido duas doses de vacina. Os aumentos numa comparação semana-a-semana vêm sendo registrados por 16 dias consecutivos.

Na província de Okinawa, no sudoeste do país, 51 pessoas foram confirmadas como infectadas pelo coronavírus no domingo.

O governador de Okinawa, Tamaki Denny, afirmou que as infecções por Ômicron foram detectadas entre o pessoal da base militar norte-americana, e o contágio comunitário foi confirmado. Ele alertou que o Ômicron está se propagando mais rápido que a variante Delta.

Tamaki conclamou os funcionários municipais a considerarem a possibilidade de adiar as cerimônias do Dia da Maioridade, marcadas para 10 de janeiro, e as reuniões sociais que se seguem a esses eventos.

Na ilha de Shikoku, na região oeste do Japão, funcionários das províncias de Kochi e Kagawa relataram seus primeiros casos de Ômicron. Funcionários em Kagawa afirmam que as rotas de infecção não foram identificadas e parecem ser casos de contágios comunitários.

No âmbito nacional, autoridades confirmaram 554 infecções no domingo. Até agora, os casos de Ômicron foram detectados em 27 províncias.