Nasa planeja prorrogar uso da Estação Espacial Internacional até 2030

A agência espacial americana anunciou planos de estender a operação da Estação Espacial Internacional até 2030.

O gerente da Nasa, Bill Nelson, comentou sobre o compromisso do governo Biden em relação à instalação na sexta-feira.

“Quando mais e mais nações tornam-se ativas no espaço, é mais importante do que nunca que os Estados Unidos continuem a liderar o mundo na expansão de alianças internacionais e na formulação de regras e normas para o uso pacífico e responsável do espaço”, afirmou.

A operação da estação, inaugurada em 2011, já havia sido estendida uma vez até 2024. Uma parceria internacional que inclui as agências espaciais dos Estados Unidos, da Rússia e do Japão tem dado apoio operacional à mesma. A Nasa, no entanto, tem planejado mudar o foco da atual estação para unidades espaciais da iniciativa privada.

Segundo a agência, a prorrogação do uso da estação espacial vai permitir uma transição sem transtornos para novas instalações operadas comercialmente na segunda metade da atual década.

O orçamento necessário para a extensão ainda tem de ser votado no Congresso americano. O projeto também tem de ser aprovado pelos outros países envolvidos na operação.