Líder de federação empresarial japonesa quer mais transparência sobre cadeias de fornecimento

O líder do maior grupo lobista empresarial do Japão sugeriu que vai encorajar as empresas a garantir a transparência de suas cadeias de fornecimento. Isto ocorreu em meio a preocupações quanto à violações de direitos humanos.

Tokura Masakazu é o presidente da Keidanren, ou Federação Empresarial do Japão, e conversou recentemente com repórteres. Ele foi questionado sobre o tema de problemas com direitos humanos. As empresas vêm passando por uma análise minuciosa sobre esta questão.

Algumas firmas no Japão e no exterior decidiram suspender o uso de algodão originário da Região Autônoma de Xinjiang Uygur na China. As decisões teriam sido tomadas como resposta às alegações sobre o uso de trabalhos forçados no local.

Tokura disse que respeitar os direitos humanos é vital no cenário empresarial internacional. Ele afirmou que as empresas precisam entender que devem preservar valores fundamentais.