Forças americanas pedem teste para Covid-19 a seus efetivos dentro de 24 horas após chegada ao Japão

As forças americanas no Japão começaram a pedir a seus membros que efetuem teste para coronavírus dentro de 24 horas após a chegada ao país, seguindo uma solicitação urgente feita pelo governo japonês.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão diz ter sido notificado por autoridades americanas que entrou em vigor, na quinta-feira, a medida envolvendo os efetivos de todas as bases americanas no Japão.

O desdobramento se segue a um foco de infecção registrado em dezembro no Camp Hansen, do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, na província de Okinawa. Posteriormente, veio à tona que as forças americanas não estavam testando seus membros antes da partida dos Estados Unidos ou imediatamente após a chegada ao Japão desde setembro. Em vez disso, os testes eram realizados no quinto dia após a chegada, ou mais tarde.

A chancelaria japonesa tinha pedido às forças americanas que adotassem providências consistentes com as medidas contra o coronavírus do Japão em suas fronteiras.

Após o surto na base de Okinawa, as forças americanas estão exigindo que os efetivos que vierem ao Japão façam testes antes da partida ao país.

Autoridades japonesas planejam solicitar a suas contrapartes americanas que adotem medidas integrais contra o contágio, ao mesmo tempo em que trabalham com elas para amenizar as preocupações das pessoas que moram nas proximidades de bases americanas.