Parceria Econômica Regional Abrangente entra em vigor para 10 países

Um pacto de livre comércio assinado por 15 países da região Ásia-Pacífico entra em vigor neste sábado, dia 1º de janeiro, para dez deles, incluindo Japão, China, Cingapura e Austrália.

Os 15 signatários da Parceria Econômica Regional Abrangente são os dez membros da Associação das Nações do Sudeste Asiático, mais Japão, China, Coreia do Sul, Austrália e Nova Zelândia.

Trata-se do primeiro acordo de parceria econômica do Japão com a China, seu maior parceiro comercial, e a Coreia do Sul, o terceiro.

O instituto japonês Mizuho Research & Technologies diz que o novo pacto irá eliminar tarifas sobre mais de 63% dos itens até o 11º ano de sua implementação. O ritmo de remoção das tarifas será moderado, em comparação com outros acordos de parceria econômica.

O Japão poderá manter tarifas sobre cinco produtos agropecuários que considera importantes internamente, incluindo arroz, carne e laticínios.

O acordo irá cobrir cerca de 30% da população e PIB do mundo, após entrar em vigor em todos os seus 15 países integrantes. O pacto deve impulsionar a economia da região, por meio da expansão do comércio e fortalecimento das cadeias de fornecimento na área, que demonstrou vulnerabilidade em meio à pandemia de coronavírus.