Polícia de Hong Kong prende 6 integrantes da imprensa local e ativistas antigoverno

A polícia de Hong Kong prendeu seis pessoas associadas a um órgão de mídia online conhecido por seu posicionamento antigoverno.

Na quarta-feira, a polícia anunciou a prisão dos seis indivíduos sob suspeita de “conspiração por propagar publicações rebeldes”.

A imprensa de Hong Kong informa que entre os detidos se encontram atuais e ex-integrantes de chefia do Stand News.

A cantora pop e ativista Denise Ho, que estrela um documentário exibido no Japão, também estaria entre os detidos.

O Stand News vinha cobrindo uma série de protestos pró-democracia em Hong Kong em 2019.

A Associação de Jornalistas de Hong Kong divulgou uma declaração acerca da prisão dos seis indivíduos.

O documento diz que a associação está “profundamente preocupada com a ação policial de prender repetidas vezes dentro do último ano membros da chefia do ramo de mídia e fazer buscas em escritórios de órgãos de imprensa que contêm grandes quantidades de material jornalístico”.