Tóquio expande centros de testes gratuitos para o coronavírus

O governo metropolitano de Tóquio expandiu na segunda-feira o número de locais de testes gratuitos para o coronavírus para 180, incluindo também farmácias.

No sábado da semana passada, autoridades da capital japonesa passaram a oferecer testes gratuitos a todos os residentes que desejarem ser testados, mesmo que não apresentem sintomas.

A decisão foi tomada depois de ter sido confirmado na sexta-feira o que parece ser o primeiro caso de transmissão comunitária da variante ômicron em Tóquio. Segundo as autoridades, a capacidade passou para cerca de 30 mil testes por dia após a expansão dos locais.

Na segunda-feira, diversas pessoas compareceram a um dos novos centros de teste localizado próximo da estação de Ikebukuro. Um homem na casa dos 20 anos de idade que planeja retornar à sua cidade natal na província de Niigata para as festas de fim de ano disse que sua família pediu que se testasse antes de fazer a viagem.

Os testes gratuitos para coronavírus são especificamente para residentes de Tóquio. Mas, além destes, pessoas que não podem receber a vacina devido a problemas de saúde ou crianças com 11 anos de idade ou menos também podem ser testadas de graça.

As pessoas podem escolher entre um teste PCR ou de antígeno. O resultado para o teste PCR sai no mesmo dia ou no dia seguinte, enquanto o resultado do teste de antígeno fica pronto em cerca de dez minutos.