Japão confirma propagação de infecção pela variante ômicron através de transmissão comunitária

Casos de infecções pela variante ômicron do coronavirus estão se propagando em todo o Japão.

Um possível caso de infecção pela variante através de transmissão comunitária ocorreu em mais uma província – a sétima no país. O mais recente caso foi anunciado, na terça-feira, em Okinawa.

A transmissão comunitária da variante ômicron também foi registrada em Tóquio e nas províncias de Osaka, Kyoto, Aichi, Fukuoka e Hiroshima.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social mudou sua política a respeito de quem deve ser considerado como tendo tido contato próximo com pessoas infectadas pela variante ômicron.

Até agora, todos os passageiros do mesmo voo da pessoa infectada precisavam ser isolados como tendo tido contato próximo. A partir de terça-feira, porém, somente os passageiros sentados na mesma fileira do infectado, além daqueles sentados nas duas fileiras cada na parte da frente e de trás serão considerados como tendo tido contato próximo. Trata-se da mesma regra aplicada a pessoas que tiveram contato próximo com infectados pelas outras variantes do coronavírus.