Japão está em alerta para a propagação da variante ômicron do coronavírus

Com o aumento no número de casos da variante ômicron do coronavírus no Japão, as autoridades sanitárias se preparam para o pior dos cenários. A variante já foi detectada em 14 províncias.

Foram registrados oficialmente 58 casos de infecção em todo o país, incluindo casos não rastreáveis em Tóquio, Osaka, Kyoto, Aichi e Fukuoka.

Em sua maioria são infecções contraídas por passageiros de voos internacionais com destino ao Japão. As autoridades sanitárias esforçam-se agora para rastrear o deslocamento de milhares de viajantes que teriam estado em contato próximo com os infectados.

O governo nacional está solicitando a indivíduos que tenham tido contato próximo com os infectados que se hospedem em hotéis autorizados por duas semanas e se submetam a exames de PCR a intervalos de poucos dias.

Alguns que precisem cuidar de filhos ou outros familiares são autorizados a ficar no lar. Precisam, porém, se submeter à mesma quantidade de exames de PCR que as pessoas hospedadas em estabelecimentos autorizados e entregar amostras a funcionários sanitários que os visitarão no próprio lar.

A quantidade crescente de pessoas em contato próximo com indivíduos infectados pela ômicron vem sobrecarregando centros de saúde. Takanohashi Migiko, do Centro de Saúde de Shinagawa, declarou: “Já estamos bastante atarefados com as pessoas que tiveram contato próximo com infectados. Não seremos capazes de dar conta de tudo se houver um aumento do contágio coletivo.”

Paralelamente o governo nacional prepara-se para distribuir o medicamento oral Molnupiravir contra a Covid-19 a hospitais autorizados por governos provinciais. Profissionais médicos deverão iniciar a prescrição do remédio após esta segunda-feira.

As autoridades comunicaram domingo o registro de 263 infecções pelo coronavírus em todo o Japão. A média semanal da contagem diária está aumentando e as autoridades sanitárias alertam para o risco elevado de contágio com a maior frequência de viagens nos feriados de Ano-Novo.