Japão aprova medicamento oral da Merck contra Covid-19

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão autorizou o uso de um medicamento oral contra a Covid-19, desenvolvido pela farmacêutica americana Merck.

A decisão foi tomada na sexta-feira. O ministério planeja distribuir molnupiravir a instituições médicas, drogarias e outras instalações em todo o país para que os pacientes possam começar a tomá-lo já na próxima semana.

Trata-se do primeiro medicamento oral no Japão para evitar que pacientes com Covid-19 desenvolvam sintomas graves. Tais pacientes devem ter ao menos 18 anos, apresentar sintomas leves ou moderados, e ter risco de agravamento do quadro. O medicamento não será prescrito para gestantes.

O molnupiravir será ministrado dentro de cinco dias após o início dos sintomas. As pílulas devem ser tomadas duas vezes por dia durante cinco dias. O ministério diz que o medicamento será oferecido gratuitamente.

Segundo a Merck, um teste clínico mostra que o molnupiravir reduziu o risco de hospitalização ou morte em cerca de 30%. O remédio deve ajudar a diminuir o fardo tanto de pacientes quanto de instituições médicas, uma vez que pode ser tomado em casa.