Japão perdeu mais de 100 mil postos de emprego por causa da pandemia de coronavírus

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão afirmou que mais de 100 mil postos de emprego foram perdidos como resultado da pandemia de coronavírus.

O levantamento mostra que 100.425 pessoas perderam seus empregos ou estão prestes a perdê-los, desde janeiro do ano passado até a última quarta-feira. Incluem-se aí pessoas que foram despedidas ou que não tiveram seus contratos de trabalho renovados.

Segundo a pasta, parte dessas pessoas já pode ter arrumado novos empregos, mas o desemprego real deve ser maior. Isso porque os dados do ministério cobrem somente casos conhecidos pelas autoridades trabalhistas e por centros de recolocação profissional.

Até a sexta-feira da semana passada, mais de 22 mil pessoas estavam sem emprego no setor manufatureiro, ao passo que mais de 10 mil pessoas estavam desempregadas respectivamente nos setores de varejo, hoteleiro, e bares e restaurantes.

Funcionários do Ministério do Trabalho pedem a empresas que mantenham os empregos por meio do uso de subsídios governamentais.