Província de Osaka declara situação de emergência médico-hospitalar em meio a aumento expressivo de infecções

A província de Osaka, no oeste do Japão, declarou situação de emergência médico-hospitalar devido à rápida reincidência de casos de coronavírus na província.

O governador Yoshimura Hirofumi falou em uma reunião de força-tarefa, na quarta-feira, que as infecções estão se espalhando em ritmo sem precedentes, com casos graves aumentando de forma mais veloz que antes. Ele diz acreditar que a situação reflita claramente o impacto das variantes do vírus.

Também afirmou que o sistema médico-hospitalar se encontra atualmente sobrecarregado.

Na reunião, foi divulgado relatório que afirma que a taxa de ocupação de leitos hospitalares para pacientes com Covid-19 em condição grave pode ultrapassar a marca de 70% ainda nesta quarta-feira.

Autoridades também relataram que apesar de o número de casos confirmados com novas variantes ser relativamente pequeno, cada vez mais pacientes estão ficando gravemente enfermos de forma mais rápida.

A força-tarefa também decidiu pedir aos cidadãos com veemência que limitem a quantidade de pessoas a quatro ou menos ao realizar refeições em grupo, e que todos usem máscaras. O governo também pede que as pessoas evitem fazer festas e que se abstenham de sair a não ser em casos essenciais.