EUA e Irã realizam negociações mediadas para retomar acordo nuclear

As partes envolvidas no acordo nuclear do Irã concordaram em negociar a suspensão das sanções americanas sobre o país, como também formas de limitar o programa nuclear de Teerã para que o acordo possa ser retomado.

Delegados do Irã e dos Estados Unidos realizaram reuniões separadas com autoridades da União Europeia e de países que estão agindo como intermediários nas negociações mediadas, as quais tiveram início na terça-feira em Viena.

Desde que Washington se retirou do acordo em 2018 e reimpôs sanções unilaterais, esta é a primeira instância de um esforço de larga escala para retomar as conversações.

Após a saída dos EUA, o Irã acelerou as suas atividades de enriquecimento de urânio em violação ao acordo.

O presidente americano Joe Biden é a favor do retorno de seu país ao acordo.

O vice-ministro das Relações Exteriores do Irã, Abbas Araqchi, disse após as conversações que elas haviam sido construtivas e que seguiam na direção correta.

Também afirmou que a próxima reunião deve ser realizada já na sexta-feira.

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, comentou que as negociações serão um difícil e longo processo. Disse que o governo dos EUA continua a acreditar que a diplomacia é o caminho correto a se seguir que beneficia todas as partes.