Japão vai estender sanções contra Coreia do Norte

Em uma reunião do Gabinete na terça-feira, o governo do Japão decidiu estender suas sanções contra a Coreia do Norte por mais dois anos.

A decisão foi tomada após a falta de progresso em assuntos pendentes, incluindo os programas de desenvolvimento nuclear e de mísseis de Pyongyang e os sequestros de cidadãos japoneses. No mês passado, o lado norte-coreano disparou dois mísseis balísticos.

Sanções unilaterais do Japão estão em vigor desde 2006. Duas das medidas – um embargo comercial total e uma proibição de escalas portuárias por embarcações com registro norte-coreano – estão programadas para expirar em 13 de abril.

Uma cúpula entre o primeiro-ministro do Japão, Suga Yoshihide, e o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deve ocorrer no dia 16 de abril, em Washington. A Coreia do Norte estará entre os principais assuntos do encontro.