China conduz treinamento naval em águas próximas de Taiwan

Um grupo de porta-aviões da China, liderado pela embarcação principal Liaoning, conduziu um treinamento naval em águas próximas a Taiwan.

Gao Xiucheng, porta-voz da Marinha do Exército de Libertação Popular da China, anunciou, na segunda-feira, que o exercício fazia parte do treinamento regular programado anualmente. Segundo Gao, o exercício tinha como objetivo examinar o desempenho e a melhora da capacidade do grupo de porta-aviões para salvaguardar a soberania, segurança e os interesses do país.

O porta-voz disse, também, que exercícios similares poderão ser conduzidos regularmente no futuro.

O Ministério da Defesa do Japão tem estado em alerta desde que confirmou que o Liaoning e cinco outras embarcações navegaram entre duas ilhas japonesas no Oceano Pacífico durante o fim de semana.

O último treinamento é visto como uma tentativa da China de ostentar sua força naval em um momento em que o governo do presidente dos Estados Unidos Joe Biden está, aparentemente, aumentando seu envolvimento com Taiwan.