Motorista de caminhão relacionado ao descarrilhamento de trem em Taiwan é detido

Um tribunal em Taiwan determinou que o motorista do caminhão envolvido em um recente descarrilhamento fatal de trem deveria ser detido por dois meses, conforme solicitado pela promotoria.

O tribunal tomou a decisão no domingo à noite, após examinar os resultados de seu interrogatório e provas apresentadas pelos investigadores. O tribunal afirmou que o motorista pode destruir provas e é suspeito de ter causado mortes por negligência.

O acidente ocorreu no condado de Hualien, no leste de Taiwan, na sexta-feira, deixando 50 pessoas mortas e outros mais de 200 feridos.

O Conselho de Segurança nos Transportes de Taiwan, um organismo independente que examina acidentes, vem analisando imagens filmadas pela câmera instalada dentro do trem.

A mídia local afirma que o Conselho constatou que o caminhão teria deslizado de uma encosta em direção aos trilhos antes do trem colidir com ele.

Os investigadores suspeitam que o freio de mão do caminhão pode ter quebrado ou ter sido manejado de forma inapropriada. O motorista do caminhão estava envolvido em uma obra para melhorar a segurança da encosta.