Três províncias japonesas iniciam 30 dias de medidas reforçadas contra o coronavírus

Osaka e outras duas províncias do Japão estão reforçando medidas de combate ao coronavírus diante de uma elevação contínua no número de casos da Covid-19. As novas regras são adotadas sem que esteja em vigor qualquer Estado de Emergência e têm vigência prevista de um mês.

As regras reforçadas cobrem Osaka e Hyogo, na região oeste do Japão, e Miyagi, no Norte. Os governos provinciais estão solicitando a bares e restaurantes de grandes cidades que fechem as portas até as 20 horas e parem de usar máquinas de karaokê. Não deve ser permitida a entrada de clientes que se recusem a usar máscara.

A Província de Osaka tem registrado recordes diários de novos casos, em números bastante superiores ao de Tóquio. No domingo, foram registrados 593 novos casos.

A província de Hyogo, vizinha à de Osaka, comunicou o registro de 211 casos, empatando com um recorde que havia estabelecido na semana anterior.

Muitos governadores provinciais preocupam-se tanto com a propagação de variantes mais contagiosas do vírus, como com o efeito de medidas antivírus sobre negócios locais. Vêm pedindo ao governo nacional que conceda assistência financeira emergencial.

Em todo o Japão foram registrados domingo mais de 2.400 novos casos. Mais de 430 pessoas permanecem em estado grave em hospitais.