Governadores japoneses pedem verbas e informações para combate ao coronavírus

Governadores de províncias japonesas participaram de uma reunião online no domingo em meio a uma nova escalada no número de infecções pelo coronavírus no país.

Eles elaboraram propostas emergenciais a serem submetidas ao governo central pedindo ajuda financeira a restaurantes impactados gravemente pelas medidas de prevenção da doença. Também demandam que ministérios compartilhem informações sobre novas variantes do coronavírus com mais agilidade.

As províncias de Osaka e Hyogo, no oeste do Japão, e Miyagi, no norte, vão adotar a partir de segunda-feira medidas mais rígidas, apesar de não haver uma declaração de estado de emergência em vigor. As regras locais foram aprovadas pelo governo central no início deste mês.

Osaka registrou no sábado o maior número de infecções em um só dia. O governador da província, Yoshimura Hirofumi, afirmou durante a reunião que vai trabalhar com urgência para conter o vírus em meio ao alastramento de novas variantes.

A governadora de Tóquio, Koike Yuriko, também demonstrou apreensão e mencionou que especialistas têm expressado preocupação com uma nova onda de infecções possivelmente ainda maior que a última.